(In)compreensível

Site com crónicas da actualidade, temas aleatórios e vídeos.

Escravidão

Não é preciso ser bom a história para que nos lembremos do tempo dos descobrimentos, do descobrimento do Brasil e dos barcos que carregavam escravos de África para o Brasil para que trabalhassem em plantações, minas ou na casa dos senhores que tinham tudo e mais alguma coisa (devido ao trabalho escravo e trocas).

Agora podemos dizer que isso já faz parte da história e que isso já não acontece, porém esta afirmação está mais que errada, hoje em dia continua-mos a ser escravizados a única diferença é que já não somos escravos de uma maneira tão visível como antigamente nem de uma maneira tão brutal mas as diferenças serão assim tão diferentes?

Hoje em dia todos somos escravos e não tem nada a ver com cor de pele, nacionalidade, de quem e que somos filhos ou não, existem algumas pessoas que são mais inclinadas para um tipo de escravidão do que para outro mas a verdade e que somos todos escravos.

O primeiro caso que vou focar aqui é a tecnologia, hoje em dia a tecnologia é algo tão banal que nem sequer conseguimos imaginar passar dois dias sem telemóvel, computador, televisão, mp3, consola, enfim tudo o que usamos hoje em dia. Ficamos irritados quando estamos a navegar e por algum motivo ficamos sem internet durante 30 minutos, não sabemos o que fazer e quem está habituado a usar internet quase que não consegue fazer nada numa máquina que não tenha acesso ao mundo virtual.

Existem pessoas que fazem 20minutos a mais porque têm que voltar a casa, simplesmente não conseguem viver um dia sem telemóvel e quando os bichos ficam com fome e morrem é o desespero é ver todos a tentar arranjar um cabo para o ligar a corrente.

Enfim os exemplos são muitos e não vale a pena dizer todos porque se não nunca mais acaba este post, mas acho que temos que começar a pensar no que e importante na nossa vida, um estudo num daqueles jornais a borla que dão dizia que os portugueses fazem cada vez menos desporto e estão a ficar cada vez mais parados. É um problema grave e acho que deveríamos de tentar sair da escravidão tecnológica não completamente mas tentar evitar os excessos.

Incompreensível? É a escravidão

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: