(In)compreensível

Site com crónicas da actualidade, temas aleatórios e vídeos.

Category Archives: Incompreensível

Filho de 4 anos joga GTA

Já não sei como mas encontrei um site com uma notícia onde um pai  diz que o filho de 4 anos joga GTA. Isto de inicio pode parecer estranho e até irresponsabilidade mas parece que não ou assim alega o pai da criança. Mais tenho que acrescentar que o jogo estava modificado com o ‘Hot Coffee mod’ que permite ver e interagir quando o personagem é convidado a entrar em casa da namorada para depois ‘pimba nela’.

Eu gosto de jogar é verdade e sou um pouco viciado mas até eu acho que aos dois anos de idade é uma irresponsabilidade incutir o mundo dos jogos a uma criança,  isso provavelmente foi uma maneira que o pai encontrou de ter o filho calado para que ele (pai) pudesse jogar em paz.

Certo dia o pai estava a jogar GTA, o filho apanha o pai a jogar e pede-lhe para jogar, o pai deixa u e segundo ele a criança perguntou se dava para entrar no carro onde ele o lhe ensinou onde carregar para fazer isso, mas quando o filho viu um carro parado num semáforo ele disse que não ia roubar porque tinha pessoas lá dentro provavelmente como era nova e ainda era inocente não queria fazer mal aos outros.

Continuando o jogo o filho vê um policia a sair do carro e perseguir um ladrão, segundo o pai, os seus olhos iluminaram-se e ele perguntou se podia entrar no carro da policia e perseguir ‘maus’. O pai explicou que aquilo era só um jogo e disse como podia fazer a missão ‘vigilante’, o miúdo lá fez a missão e depois passou de prender criminosos a  ajudar em acidentes com uma ambulância e acabou a fazer as missões de bombeiro onde é preciso apagar os fogos.

A verdade é que não há nada de mau no que o miúdo fez, mas não se esqueçam que  ele tinha 4 anos.  Outra coisa que é importante referir é que não está relatado se o miúdo explorou mais o jogo ou se até ele tentou jogar as escondidas sem ninguém ver e descobrir o ‘mundo adulto’ da violência.

O pai ainda apela aos outros pais para que não se baseiem na categoria que está atribuída aos jogos (maiores de 18, violentos, etc) porque, segundo ele, há jogos como neste caso em que se os filhos forem acompanhados não há nenhum problema. O problema é que muitos pais não têm tempo para acompanhar os filhos a esse nível e muitas vezes sem supervisão (ou porque têm as consolas nos quartos ou porque está alguém a tomar conta deles mas não está sempre perto). Já para não falar no facto de o miúdo ter 4 anos.

Eu compreendo que irrite um pouco as noticias estarem sempre a dizer que jogos onde há tiros, sangue, socos, pontapés e violência é um pouco chato até porque levam tudo ao extremo mas este é um belo caso de outro extremo que apesar de não ter acontecido nada de mal (segundo a notícia) não deve ser também a medida que os pais optem.

Fonte: bitmob

Incompreensível? É deixar uma criança jogar GTA.

Praia? Só no Algarve!

Uma noticia publicada no ionline a 13 de Junho com o titulo “Férias no Algarve podem sair mais caras do que ir às Caraíbasrefere um estudo feito pela agência lusa. O ionline afirma que fazer férias ‘cá dentro’ como o Presidente da República referiu pode sair mais caro.

Antes de começar a argumentar estas afirmações quero deixar claro que o destino que sai mais caro em Portugal e que o ionline se estava a referir  é obviamente o Algarve que continua a ser um sítio querido pelos portugueses – coisa que não consigo compreender.

O tipo de turismo feito para o Algarve é maioritariamente sol e mar onde a  motivação de quem vai para o Algarve é geralmente a praia e as águas quentes . Segundo o ionline, as famílias que vão para o Algarve gastam mais do que lá fora, o ionline diz que é mais benéfico ir para as Caraíbas que fica apenas um pouco mais caro (500euros). No Algarve em hotéis de cinco estrelas com apenas pequeno-almoço incluído gasta-se 1.500 euros em contraste com os 2.000 euros nas Caraíbas com tudo incluído.

Visto que o Algarve é um destino de sol e mar, qual é a razão que leva as pessoas a irem para este destino todos os anos e não mudam? Provavelmente a principal razão é a necessidade de status, ainda nos dias de hoje o Algarve atribui status e isso leva as pessoas a fazerem férias nessa zona. Provavelmente outra razão é o facto de o português se ter habituado a ir para o Algarve e provavelmente muitos desconhecem que existe praias tão boas como o Algarve em Portugal.

Existe algo que é importante referir,  as unidades hoteleiras à uns meses atrás fizeram umas quantas promoções em hotéis bons e resorts (por exemplo no caso do Eden Resort) a preços super baratos para o  que encontramos geralmente no Algarve.

É verdade que o Presidente da Republica pediu para os portugueses fazerem férias ‘cá dentro’ todos viram a notícia e acho que é importante referir que o turismo é um grande impulsionador da economia e não podemos comprar um português com um estrangeiro em termos de gastos, mas, já que fizeram a comparação é importante dizer que se um português gasta 500€ num destino sol e mar fora de Portugal mais vale gastar dentro para que as divisas circulem dentro do país o que ajuda efectivamente na tentativa de combater a crise.

Já que estamos a falar do Algarve deixo aqui endereços para conhecer boas praias. Praias essas   que são igualmente boas e segundo o site rentalia  existem várias praias que são consideradas as melhores de Portugal, já para não falar das vastas praias que  têm a bandeira azul.

Melhores praias de Portugal
10 Melhores praias de Portugal (Inglês)
Praias com bandeira azul

Incompreensível? É continuar-mos a ver o Algarve como único destino de sol e mar.

Misterios: Marte? Hollywood?

“Um paço pequeno para o homem, um paço gigante para a humanidade” todos  nós conhecemos estas palavras e todos sabem que o homem andou na lua ou pelo menos é isso que nos dizem, a verdade é que não podemos saber e os maníacos por teorias da conspirações dizem que o homem nunca foi a lua e que foi tudo feito num estúdio em Hollywood, se foi não há provas obviamente.

As razões dadas para nos fazer duvidar que o homem foi efectivamente à lua são várias e alguns até dizem que a bandeira não podia flutuar em vácuo (Se bem que os Mythbusters já negaram essa afirmação), que as pegadas não estão de acordo com a maneira que eles andaram enfim são muitas coisas ditas para negar a afirmação que o homem foi ao espaço, eu pergunto-me o porquê de não terem ido lá mais vezes e muitos falam em uma estação extraterrestre presente na lua mas que a NASA apagou os dados.

Basta querer que se consegue fazer uma teoria da conspiração sobre qualquer coisa e obviamente este filme já deu que falar, aqui quem fala é o astronauta Gene Cernan que no final do filme diz que não sabe se voltará a lua em Marte e antes disso Gene diz que o astronauta Buzz quer voltar a Marte. Se Gene se enganou ou se disse a verdade com este vídeo não se saberá e talvez até possa ser que Gene se enganou e o contexto dito ‘não sei se voltarei a Marte’ tenha induzido em erro mas obviamente isto já deu para ter muita teoria da conspiração e o (in)compreensível partilha convosco, digam-nos o que acham.

Incompreensível? É pensar que o homem foi a Marte.

Mistérios: Relógio em túmulo Ming

Para começar com esta nova categoria aqui vai uma noticia que é no mínimo bizarra. No dia 18 de Dezembro de 2008 saiu uma notícia no website dailymail tentei pesquisar e não encontrei outras fontes o que torna difícil dizer que a noticia será verdade ou não de qualquer maneira continua a ser bizarra.

Arqueólogos encontraram um relógio suíço de 100 anos num túmulo antigo que data mais que 400 anos atrás da dinastia Ming. Este relógio é um em miniatura parecendo um anel porém está marcado com o nome “Suíça” o que faz com que seja visto como uma peça com apenas 100 anos.

Este anel-relógio tem os ponteiros parados nas 10:06 o que pode significar 10:06 da manha ou da noite, o mais curioso é que na altura ainda não havia relógios assim nem existia a suíça como país – a dinastia Ming governou a china entre 1368 a 1644.

É sabido que os chineses eram muito avançados para a sua época até descobriram a pólvora talvez este anel tenha sido uma criação de alguém e ser usado como adorno o que é mais provável ou então é sinal de viagens temporais e essas coisas que só existem nos filmes.

Incompreensível? É usar um relógio como anel.

Baterista Louco

Antes de mais não sabia exactamente qual a categoria deveria de por este vídeo mas eu ri-me bastante com ele e acho que vocês também irão rir-se mas não só! Aposto que vão ficar maravilhados com ele porque este senhor tem mesmo um dom para a bateria e é impressionante que com tantos movimentos ele nunca se engana no ritmo! Pura habilidade.

[Youtube=http://www.youtube.com/watch?v=ItZyaOlrb7E]

Incompreensível? É saber como ele consegue fazer isto!

Horário

Bem sei que já deveria ter posto algo novo aqui mas a verdade é que ando super ocupado, comecei a estagiar e chego a casa cansado. De qualquer maneira aqui vai um post novo. Acho que esta imagem traduz o meu horário ultimamente.

Incompreensível? É continuar a ignorar o sono!

Bizarro… Muito bizarro…

Mike Tyson, este nome muita gente conhece, a este nome está associado a  uma imagem de um homem gigante a morder uma orelha ou pelo menos Tyson é conhecido por ter ‘comido’ a orelha de um adversário (Holyfield), Tyson também pode ser conhecido pelo pugilista com a tatuagem a volta do olho e por ser grande, forte e com um historial de centenas de K.O’s.

Até aqui tudo bem, todos sabem que o pugilistas ao fim de levarem tanta pancada na cabeça, sofrido K.O’s e muitos anos de combates ficam um pouco baralhados das ideias, perdem coordenação, sofrem de fraca memória, danos cerebrais,  parkinson enfim não é um desporto saudável e trás muitos problemas, também sabemos que é algo masculino e que não é para todos porque levar socos round atrás de round até cair ou acabar o tempo é obra.

Ainda tudo bem, até podemos dizer que o Mike Tyson tem problemas (se não Tyson não comia orelhas) e não são poucos, mas, depois de ver este vídeo não sei mesmo o que pensar…  Tyson a falar de etiqueta, enquanto bebe chá e comenta o seu ódio por um tipo de doce. Será Tyson a Bobone americana? Enfim, não tenho mais palavras sejam o vídeo e fiquem parvos.

[Youtube=http://www.youtube.com/watch?v=O5XFH36UdQ4]

Incompreensível? É este vídeo sem duvida.

Cortes orçamentais, mas…

Bem sei que já não actualizava o (In)compreensível a algum tempo mas quero me dedicar mais ao site e dai para abrir gostaria de referir os cortes orçamentais e aumentos e essas coisas bonitas que toda a gente conhece de ‘o bicho papão da crise’.

É verdade, eu fui estúpido e fiquei contente com a diminuição dos ordenados de todos que estão no parlamento que até era uma coisa que eu dizia já a alguns anos.  Agora, estúpido porque? Simplesmente porque pensei ‘epah! atão não é que os gajos até pensam?’ mas com o vídeo que segue a seguir irão ver que afinal há cortes mas só para o pobre e para alguns grandes.

Esta deve ter sido uma forma de calar os deputados na assembleia e não fazerem uma revolução la dentro porque lhe vão baixar os ordenados para o ordenado mínimo nacional… ah… espera… é mesmo 5% mas enfim, já e algo. Só tenho mais uma coisa a acrescentar… acho que vou mudar de curso, ir para engenharia e depois seguir a carreira de ladrão político.

Incompreensível? É continuar a ser roubado…

Escravidão II

Há um ditado que diz “Dinheiro não compra felicidade” e deste ditado já se fizeram muitas adições, a verdade é que não compra felicidade mas se não houver dinheiro dificilmente haverá felicidade até porque é difícil ser feliz quando temos contas para pagar, comida para pagar, necessidades para pagar, enfim se dinheiro não compra felicidade todos nós sabemos que ajuda e muito, também que sem ele muita infelicidade trará.

Este é o segundo tipo de escravidão, hoje em dia somos escravos do dinheiro e tudo o que fazemos gira a volta do dinheiro, estudamos para ter um bom emprego (não trabalho) para que ganhemos um bom ordenado, queremos um bom ordenado para aderirmos ao grupo dos consumistas anónimos, tudo o que fazemos é para comprar e consumir dando origem a outra sub-escravidão.

Todos os dias vemos pessoas em transportes públicos ou pessoas em direcção ao trabalho e quantas dessas pessoas vão a sorrir? Talvez 10% se muito, umas estão demasiado cansadas, preocupadas, stressadas, triste para sequer sorrirem pois apenas pensam se conseguem esticar o ordenado até ao final do mês, se conseguem colocar comer na mesa e pagar as contas.

Será que se ainda tivéssemos um sistema de trocas materiais como havia antes de haver a moeda as coisas seriam mais fáceis? Não posso dizer mas não parece correcto estarmos a ser escravos do dinheiro e de corporações que apenas pensam no lucro.

Incompreensível? É sermos escravos

Escravidão

Não é preciso ser bom a história para que nos lembremos do tempo dos descobrimentos, do descobrimento do Brasil e dos barcos que carregavam escravos de África para o Brasil para que trabalhassem em plantações, minas ou na casa dos senhores que tinham tudo e mais alguma coisa (devido ao trabalho escravo e trocas).

Agora podemos dizer que isso já faz parte da história e que isso já não acontece, porém esta afirmação está mais que errada, hoje em dia continua-mos a ser escravizados a única diferença é que já não somos escravos de uma maneira tão visível como antigamente nem de uma maneira tão brutal mas as diferenças serão assim tão diferentes?

Hoje em dia todos somos escravos e não tem nada a ver com cor de pele, nacionalidade, de quem e que somos filhos ou não, existem algumas pessoas que são mais inclinadas para um tipo de escravidão do que para outro mas a verdade e que somos todos escravos.

O primeiro caso que vou focar aqui é a tecnologia, hoje em dia a tecnologia é algo tão banal que nem sequer conseguimos imaginar passar dois dias sem telemóvel, computador, televisão, mp3, consola, enfim tudo o que usamos hoje em dia. Ficamos irritados quando estamos a navegar e por algum motivo ficamos sem internet durante 30 minutos, não sabemos o que fazer e quem está habituado a usar internet quase que não consegue fazer nada numa máquina que não tenha acesso ao mundo virtual.

Existem pessoas que fazem 20minutos a mais porque têm que voltar a casa, simplesmente não conseguem viver um dia sem telemóvel e quando os bichos ficam com fome e morrem é o desespero é ver todos a tentar arranjar um cabo para o ligar a corrente.

Enfim os exemplos são muitos e não vale a pena dizer todos porque se não nunca mais acaba este post, mas acho que temos que começar a pensar no que e importante na nossa vida, um estudo num daqueles jornais a borla que dão dizia que os portugueses fazem cada vez menos desporto e estão a ficar cada vez mais parados. É um problema grave e acho que deveríamos de tentar sair da escravidão tecnológica não completamente mas tentar evitar os excessos.

Incompreensível? É a escravidão